Esportes Olímpicos

Os Jogos Olímpicos de Tóquio começaram, assista ao maior evento esportivo do mundo

Assista ao vivo nos canais SporTV, BandSports e no app Claro notícias e NOW.

Saiba onde assistir ao vivo os Jogos Olímpicos de Tóquio

Na Claro tv você acompanha aos melhores canais esportivos, para não perder nada do que acontece nos Jogos Olímpicos, vem pra torcida!

Acompanhe ao vivo seus esportes favoritos

Para a alegria dos fãs de esporte espalhados ao redor do mundo, os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 estão acontecendo. Na Claro tv você assiste ao vivo a programação completa, além dos bastidores do maior evento esportivo do planeta. Assista pelos canais SporTV, Bandsports e também no app Claro notícias e NOW. 
 
Nessa página, você vai conhecer todas as modalidades que estarão em disputa nessa edição, assim como um histórico do Brasil nos Jogos Olímpicos. Confira!

Várias opções para ver ao vivo

Atualmente existem diversas modalidades nos Jogos Olímpicos e você pode até sentir dificuldade em escolher o que assistir. Mas nem sempre foi assim... Até a décima terceira edição apenas corridas eram realizadas e outros esportes foram sendo incorporados gradativamente ao evento. Em Tóquio, você vai poder escolher entre 46 modalidades, ou seja, o que não vai faltar é opção para torcer. 

Esportes inéditos

Os Jogos Olímpicos de Tóquio terão novidades, com a disputa de cinco modalidades inéditas. São elas: surfe, skate, escalada esportiva, karatê e beisebol/softbol. A escolha foi feita por membros Comitê Olímpico Internacional (COI).

Saiba mais sobre a grande novidade da edição

Conheça as novas modalidades aprovadas pelo COI.

Surfe

Essa é a primeira vez que o mundo vê as manobras do surfe nos Jogos Olímpicos. Como em Tóquio não existe uma costa litorânea apropriada para o esporte, o surfe está acontecendo em Chiba, a 64km da capital. O surfista brasileiro Ítalo Ferreira entrou para a história ao vencer o ouro, se tornando o primeiro medalhista olímpico na modalidade. Ele venceu o japonês Kanoa Igarashi. 

Skate

Assim como o surfe, essa foi a estreia da prancha de quatro rodinhas em Jogos Olímpicos. A modalidade deu a primeira medalha ao Brasil em Tóquio com a prata de Kelvin Hoefler, no street skate. Rayssa Leal, conhecida como "Fadinha", também  venceu a prata na mesma categoria e se tornou a medalhista olímpica mais nova da história do Brasil. 

Escalada esportiva

Essa foi a grande surpresa dos esportes que entraram para a lista dessa edição. A escalada esportiva vai ser dividida em três fases: dificuldade, velocidade e boulder (sem as cordas de segurança). Os atletas que conquistarem a maior somatória de pontos ficam com o ouro. O Brasil não conseguiu se classificar para a estreia da modalidade, então dessa vez seremos apenas espectadores.

Beisebol/Softbol

Esse é o único esporte que não é novidade na lista, já que até 2008 fazia parte do quadro dos Jogos Olímpicos. Mas não se confunda: embora sejam muito parecidos, o beisebol só é praticado por homens, enquanto o softbol apenas por mulheres. Além disso, existem diferenças nas regras da disputa. A seleção brasileira não se classificou para essa edição.

Karatê

Apesar de muito popular e bastante praticado, só agora o karatê vai estrear como esporte olímpico. Com um nome que significa “mãos vazias”, essa arte marcial será disputada por homens e mulheres separadamente, em três categorias de peso e em dois formatos: o kata, uma simulação de luta em que o atleta executa movimentos de ataque e defesa, e o kumite, uma luta real entre dois competidores.

Brasil nos Jogos Olímpicos

Atletismo, vôlei, vela... Confira os esportes olímpicos em que o Brasil se destaca!

Imagem de atleta do salto

Participação brasileira

O Comitê Olímpico Brasileiro está participando dos Jogos Olímpicos com 303 atletas. Até agora o Brasil conquistou dez medalhas, entrando para a história olímpica do surfe com o ouro de Ítalo Ferreira. Rayssa Leal também se tornou a atleta mais nova a ganhar medalha, com apenas 13 anos. Rebeca Andrade também marca seu nome na ginástica artística com a conquista de duas medalhas: prata e ouro.
Imagem de judoca brasileira

Medalhas

O Brasil participou dos Jogos Olímpicos pela primeira vez em 1920 e a delegação ganhou três medalhas (1 ouro, 1 prata e 1 bronze). O recorde de subidas ao pódio aconteceu em 2016, justamente no ano em que o país foi anfitrião do evento. Foram 19 medalhas conquistadas no Rio de Janeiro (7 de ouro, 6 de prata e 6 de bronze). O país coleciona o total de 129 medalhas olímpicas (30 de ouro, 36 de prata e 63 de bronze).
Imagem de judoca brasileira

Modalidades

Você sabe em quais modalidades o Brasil mais levou medalhas? A resposta é: Judô, com 22 medalhas (4 de ouro, 3 de prata e 15 de bronze). Na sequência, temos a Vela, com 18 (7 de ouro, 3 de prata e 8 de bronze), o Atletismo com 17 (5 de ouro, 3 de prata e 9 de bronze), a Natação com 13 (1 de ouro, 4 de prata e 8 de bronze), o Vôlei de praia com 13 (3 de ouro, 7 de prata e 3 de bronze) e o Vôlei com 11 (5 de ouro, 4 de prata e 2 de bronze).

Tri-medalhista

Mayra Aguiar entrou para a história em Tóquio ao ganhar o bronze no judô. Ela conquistou a terceira medalha consecutiva em Jogos Olímpicos, mesmo tendo sofrido uma grave lesão no joelho no fim de 2020. Mayra lutou contra a sul-coreana Yoon Hyunji na final da repescagem de até 78kg e venceu a luta no chão, o que não é frequente nas suas vitórias. 

Maiores medalhistas olímpicos

Esses são os atletas brasileiros que entraram para a história dos Jogos Olímpicos.

Robert Scheidt

Vela - 5 medalhas

Torben Grael

Vela - 5 medalhas

Serginho

Vôlei - 4 medalhas

Fofão

Vôlei - 3 medalhas

Conheça as 46 modalidades dos Jogos Olímpicos de Tóquio