Notícias beOn

O BIG Festival deste ano aconteceu dos dias 7 a 10 de julho, na São Paulo Expo. Esse é o principal evento de lançamentos de jogos eletrônicos para desenvolvedores da América Latina, que reúne centenas de apaixonados e entusiastas pelo universo dos games.
 

Nesta edição, o beOn Claro e o Claro gaming apoiaram um “challenge”, em parceria com a Stock Car. O objetivo dos participantes será buscar os melhores desenvolvedores para a elaboração de um game inspirado no automobilismo e alta velocidade. O desafio permitirá aos desenvolvedores a exploração de novos modelos e tecnologias recentes na criação de jogos, incluindo a rede 5G da Claro.

 
Mas não acaba por aí não… Além disso, a Claro proporcionou uma experiência única aos participantes: pilotar um carro de Stock Car, idêntico aos usados nas pistas de corrida. O simulador imersivo foi um verdadeiro sucesso, com grande interesse do público e formação de filas. Afinal de contas, quem não quer ter o gostinho de acelerar um carro dessa potência?
 
Durante todo o evento aconteceram também palestras exclusivas para clientes Claro tv+. E para fechar com chave de ouro, no último dia apresentamos o projeto Campus Mobile, iniciativa de inovação e empreendedorismo promovido pelo Instituto Claro e apoiado pelo beOn Claro.
 
O BIG Festival é considerado o maior hub de negócios para games da América Latina e em 2021 gerou mais de US$ 65 milhões em negócios. Este ano foram exibidos mais de 200 jogos e além de jogar, o público também pôde conversar com os desenvolvedores dos games.
 

Para essas ações, a Claro contou com a parceria da Ericsson, NoPing, Motorola, Warrior e KABUM.

 
 

Parceria entre InovaHC, Claro, Embratel e Ericsson, implementa rede 5G na sala de cirurgia robótica do Hospital do Câncer de São Paulo (Icesp).

A operadora está usando a frequência de 3,5 gigahertz (3,5 GHz), com licença de uso científico da Anatel, para implantar, com a Embratel, a tecnologia por meio de um programa de colaboração que inclui o InovaHC — inovação do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP) —, a Ericsson e a startup NuT, de Natal (RN), para integrar dados.

O programa começa com o médico, professor, ou equipe de pesquisadores fazendo acompanhamento remoto de cirurgias, disse ao Valor, Marco Bego, diretor do InovaHC. Os dados serão testados e depois o processo vai evoluindo. No futuro, os profissionais poderão influenciar nas cirurgias, inclusive operar remotamente com o auxílio de robôs do centro. “É o início de um projeto maior. Começa pelo centro cirúrgico porque é a maior área do hospital, onde tem mais informações”, explicou. 

 

O HC já atua com telemedicina, disse Bego, mas para procedimentos simples. Com 5G, sua expectativa é poder atender pacientes de qualquer ponto do país. 

Nesse projeto, cada empresa entra com sua própria infraestrutura, tecnologia ou especialidade. Não haverá custos para o Hospital das Clínicas (HC). Segundo os envolvidos, o HC será o primeiro hospital público do Brasil a usar a tecnologia de 5G da internet móvel.

Os testes começam em até duas semanas e a prova de conceito deve durar em torno de seis semanas. Serão integradas as informações de monitoramento do paciente cirúrgico, anonimamente, em uma base de dados. A partir daí, se poderá fazer o acompanhamento médico remoto até por celular. Os dados serão vinculados aos equipamentos do ‘carro de anestesia’, responsável pelo monitoramento dos sinais vitais durante a cirurgia.

Com as informações será planejado o passo seguinte, com transferência de imagens em tempo real, streaming, disse Bego. A questão regulatória será alinhada com a Agência Nacional de Saúde (ANS). Será possível avaliar a latência - tempo de resposta aos comandos em uma rede -, velocidade, estabilidade, qualidade e segurança, entre outros itens, na transmissão e demonstração dos dados por 5G. 

“Será um sistema mais eficiente, mais rápido e com mais capacidade, permitirá trabalhar em tempo real e a distância”, disse Tiago Machado, vice-presidente de negócios da Ericsson - fornecedora dos equipamentos 5G.

Dentro do centro cirúrgico foi instalada a estação radiobase que levará o sinal para as redes 5G da Claro e Embratel. “É uma infraestrutura das duas arquiteturas que conviverão no futuro, ‘non stand alone e stand alone’ [5G em 3,5 GHz]”, disse Machado. 

Rodrigo Duclos, diretor de inovação digital da Claro e fundador do beOn Claro, disse que com Embratel -unidade do grupo Claro para o mercado empresarial - estão pesquisando as aplicações possíveis, a capacidade de desenvolvimento de negócios e parceiros que possam agregar para levar soluções ao mercado de saúde. 

“O HC é o que pode ter de melhor no estado da arte para validar, e com isso a solução testada fim a fim e integrada será levada aos demais hospitais do mercado”, disse Maria Teresa Lima, diretora-executiva da Embratel para governo. 

 
Fonte: Valor
 

Olha essa notícia!

Imagina só em como é estagiar em uma empresa que tem como missão conectar para uma vida mais divertida e produtiva para milhões de brasileiros... É uma oportunidade perfeita para quem está em busca de aprendizado, experiência e desenvolvimento de carreira.

A sua jornada para o novo pode começar aqui, junto com a gente! Já pensou? Então, clica no link abaixo para saber mais detalhes do programa e inscreva-se até o dia 3/12.

Ah! E se você conhece alguém que possa se interessar por essa notícia, compartilhe essa novidade!

O Instituto Claro abre, nesta quarta-feira (20/10), as inscrições para a próxima edição do Campus Mobile.

Os projetos de aplicativos ou serviços de tecnologia móvel que gerem impacto social serão aceitos até o dia 23/11. Podem se inscrever universitários e recém-formados individualmente ou em grupo de até três pessoas. Serão selecionados até 17 projetos de cada categoria para as próximas etapas do concurso, que incluem o desenvolvimento dos projetos, com mentorias em ambiente virtual; semana imersiva, com palestras e oficinas; e finalização de protótipos.

Ao final, serão selecionados 96 projetos nas categorias Saúde, Games, Smart Farms, Smart Cities, Diversidade e Educação. Os vencedores ganharão uma imersão no Vale do Silício, em São Francisco (EUA), em 2022, e terão a chance de ver seus projetos ganharem outra dimensão e saírem do papel.

Em 10 anos de história, o Campus Mobile é realizado pela Associação do Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico (LSI-TEC), com patrocínio do Instituto Claro e apoio da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) e pelo beOn, o hub de inovação da Claro.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site do Instituto Claro.

 

Quer transformar o futuro dos produtos digitais com a gente? Então, vem pra Claro!

Estamos em busca de pessoas que estejam a fim de novos desafios, conectados com tecnologia, que curtam metodologias ágeis, tenham espírito empreendedor e sejam cheios de curiosidade para trabalhar com novos modelos de negócios em vários segmentos como:agronegócios, Indústria 4.0, health, fintech, educação, entre outros.

Aqui você vai encontrar um ambiente colaborativo, diverso, aberto ao questionamento e à construção de novas ideias. Se interessou? Então, vem compartilhar a sua paixão com a gente e se inscreva em uma de nossas oportunidades na área de Digital e do beOn, nosso hub de inovação.

Pensou em alguém que vai curtir essa novidade? Compartilhe essa informação!

A parceria, inédita no Brasil, irá potencializar a Internet das Coisas, com arquiteturas baseadas em micros serviços, capazes de atender aos mais diversos segmentos.

A Claro, a Embratel e a AWS (Amazon Web Services) anunciam parceria para a geração de novas oportunidades de negócios e para acelerar a adoção de aplicações baseadas em nuvem. Com o acordo, a AWS amplia sua participação na estratégia de inovação e de lançamentos de serviços e produtos da Claro, para aplicações voltadas a consumidores e mercado massivo, e também da Embratel, marca que atende as verticais de Grandes Empresas e Governo.
 
A primeira iniciativa é a adoção da tecnologia de computação em nuvem da AWS para implementação de um Centro de Excelência de Cloud (Cloud Center of Excellence – CCoE). Este centro de excelência apoia a adoção de soluções em nuvem em diversas iniciativas, segmentos e portfólios da empresa.

No segmento residencial, a adoção do streaming, realidade virtual e aumentada e a fragmentação das ofertas de conteúdo leva para a nuvem as redes de distribuição (CDN), abrindo novas oportunidades para a integração de diversos aplicativos e marketplaces, com sistemas de autenticação e pagamento, além da adoção de algoritmos cada vez mais sofisticados de busca e recomendação de conteúdos. As plataformas de vídeo, música e jogos online também migram aceleradamente para a nuvem.

No caso da infraestrutura de rede fixa e móvel, que cada vez mais se baseia em software, a nuvem viabiliza uma arquitetura de serviços convergente e distribuída, transformando-se em plataforma fundamental para a virtualização de elementos e funções de missão crítica para a oferta de conectividade e aplicações de alta performance por parte das operadoras de telecomunicações.
 
Juntas, Claro, Embratel e AWS atuam somando suas soluções para potencializar a Internet das Coisas, com arquiteturas baseadas em microsserviços, capazes de atender aos mais diversos segmentos.
 
“A colaboração é inédita no Brasil e focada em um elo transformador na digitalização da nossa sociedade. A Claro vem ampliando sua participação no mercado de nuvem através da Embratel, atendendo a demandas crescentes de serviços. E também operando suas próprias aplicações corporativas cada vez mais nesse ambiente. Com a tecnologia 5G, cada vez mais será necessário o processamento de aplicações de alta performance e baixa latência”, afirma Mário Rachid, diretor executivo de Soluções Digitais da Embratel.
 
“Esse é um projeto construído a quatro mãos, no qual o time da AWS já capacitou cerca de 350 especialistas da Claro na nossa cultura de nuvem focada em inovação, modelo de engajamento de clientes e desenvolvimento de produtos. Estamos fornecendo nosso know-how e nos aliando a um grande player do mercado, para desenvolver produtos e serviços para acelerar adoção de nuvem para nossos clientes em comum e buscar novas oportunidades de mercado”, comenta Cleber Morais, diretor geral da AWS no Brasil.
 
Embratel e AWS vão compartilhar também esforços comerciais e a sinergia das suas forças de vendas, desenvolvimento e suporte. A aposta é apoiar da melhor forma os clientes da Claro e da Embratel, sejam eles de governo ou empresas privadas de todos os portes e segmentos, que também estiverem iniciando ou aprimorando suas jornadas para adoção estratégica de nuvem.
 
Além do Centro de Excelência de Cloud e da atuação conjunta para acelerar o mercado de aplicações em nuvem, a integração de novas soluções da AWS no portfólio da Claro e da Embratel também deve ocorrer nesse período, como, por exemplo, as ofertas de AWS Outposts e de AWS Wavelength. (com assessoria de imprensa).

Você já ouviu falar de IoT e ILPF?

Sabe como essas tecnologias podem melhorar as atividades no campo? Foi esse o tema do último Claro Meetup, realizado pelo beOn, hub de inovação da Claro. O evento aconteceu na última quinta-feira (25) de forma on-line e reuniu especialistas do mercado para discutir como as novas tecnologias trazem eficiência para a produção rural.

Com a mediação de Eduardo Polidoro, diretor de Negócios de IoT e M2M da Claro, o painel teve a presença de Ladislau Skorupa, presidente do comitê gestor do portfólio de projetos em ILPF da Embrapa, que explicou o que é ILPF e como essa estratégia de produção agropecuária traz efeitos benéficos ao negócio, com sistemas de integração e com a área ocupada todo o ano de forma inteligente.

Esses sistemas de integração, de acordo com informações do site da Embrapa, envolvem a produção de grãos, fibras, madeira, energia, leite ou carne na mesma área, em plantios em rotação, consorciação e/ou sucessão. O sistema funciona basicamente com o plantio, durante o verão, de culturas agrícolas anuais (arroz, feijão, milho, soja ou sorgo) e de árvores, associado a espécies forrageiras (braquiária ou panicum). Há várias possibilidades de combinação entre os componentes agrícola, pecuário e florestal, considerando espaço e tempo disponível, resultando em diferentes sistemas integrados, como lavoura-pecuária-floresta (ILPF).

No mesmo painel, Rodrigo Bonato, da John Deere, falou sobre como as tecnologias usadas no campo trazem sustentabilidade para o negócio, com um olhar especial sobre IoT (sigla em inglês para Internet of Things, ou Internet das Coisas). O executivo destacou o diferencial das novas tecnologias para um monitoramento mais eficiente, em diversas áreas e em tempo real, trazendo novas possibilidades para a produção no campo.

“O campo não vive mais sem tecnologia. Um exemplo de uso é na pesagem do gado. Não preciso parar algo para pesar um por um. Conseguimos, com a tecnologia, levar a balança para o campo de uma forma em que o boi passa por essa balança quando vai se alimentar e os dados de pesagem vão direto para os nossos softwares, facilitando nosso controle”, contou Marize Porto Costa, participante do Claro Meetup e proprietária da Fazenda Santa Brígida, na cidade em Ipameri (GO).

Renato Rodrigues, pesquisador da Embrapa, que também fez parte da palestra, destacou alguns pontos de atenção. “Não quer dizer que todo mundo vai fazer e vai dar certo. É preciso fazer um diagnóstico na terra da propriedade antes de implementar essa tecnologia. Agricultura é conhecimento, precisa ter capacitação do produtor e do técnico, e isso representa investimento financeiro. É necessário usar o solo de forma mais racional e avaliar o que se pode plantar de acordo com o terreno. É preciso fazer o investimento certo para trazer resultado – assim a ILPF pode ajudar a minimizar os riscos.”

Essa é mais uma iniciativa da Claro para mostrar como a tecnologia pode ajudar o mundo a ser mais sustentável!
Inovação faz parte dos nossos valores, por isso a Claro está apoiando o Silicon Valley Web Conference, que traz grandes nomes do Vale do Sílicio para um megaevento online gratuito.
 
Sob curadoria do beOn, vamos transmitir as principais conferências no canal 500 da Claro tv, ou no Now Online - Canal do Cliente, a partir do dia 05 de outubro, de segunda a sexta, sempre às 12h.
 
beOn apresenta melhores Momentos SVWC
05 a 30 de outubro
Segunda a sexta, das 12h00 às 13h00.
 
Assista no NOW Online clicando no botão abaixo.
A nova versão do aplicativo Minha Claro foi eleito o vencedor do projeto Inovação pelo Design 2020, da Fast Company, na categoria América Latina. A interface do novo aplicativo combina uma estrutura rápida e segura com recursos inteligentes que garantem aos nossos clientes a possibilidade de gerenciar suas contas com muito mais agilidade e fluidez.
 
Ao priorizar as funcionalidades que realmente impactam a vida das pessoas, o aplicativo combina um novo design como um diferencial exclusivo e premiado, oferecendo uma experiência simples, rápida e ainda assim, completa, onde o tempo e o orçamento dos nossos clientes são sempre valorizados.
 
Confira a matéria completa no site 2020 Innovation by Design Awards clicando no botão abaixo.