Revista Monet - Assine

Componente Carrossel

subtitulo do componente Carrossel

Revista Monet

Um superguia diário da programação, acesso a conteúdos exclusivos e muito mais.

O QUE ESPERAR DA EDIÇÃO DE ABRIL DA MONET
 
Em um momento tão delicado pelo qual o mundo todo está passando, às vezes se torna difícil
encontrar conforto e esperança. Mas, o mundo da animação, onde heróis e vilões arrancam
risadas do público há quase cem anos, pode ajudar a trazer alento e distanciamento - mesmo
que por alguns minutos - da situação atual. A MONET de abril comemora seu aniversário de 17
anos com uma edição especial que traz os filmes de animação que marcaram a infância de
pais, avós e das atuais crianças. Vale a pena mergulhar no universo da fantasia e acreditar
que, assim como nos contos de fada, tudo vai ficar bem.
 
E mais: Os detalhes da quarta temporada de Fábrica de Casamentos, que continua realizando
os sonhos de casais apaixonados; As desventuras de uma mulher nada comum chega à TV na
série Fleabag; Os bastidores da terceira temporada da série Unidade Básica, que mostra os
percalços do serviço público de saúde no Brasil; Contamos as novidades sobre La Casa de
Papel, série que colocou a dramaturgia hispânica no mapa da TV; A atriz e roteirista Vivica A.
Fox conta como criou seu império de Filmes B e apresenta a série de longas The Wrong;
Wagner Moura interpreta o contraponto de seu Capitão Nascimento: o diplomata Sérgio Vieira
de Mello, em sua cinebiografia; e muito mais!
R$ 10,45 /mês

O que vem por aí

THE ROCKETEER

Dia 13, 12h, Disney Junior

 

Um filme da década de 1990 que não fez muito sucesso de bilheteria, mas acabou se tornando cult por conta do seu charme retrô. Assim é Rocketeer, de Joe Johnston, que agora inspira essa série animada na qual uma menina de sete anos de idade descobre o traje com um foguete que faz voar. Kit tem como companheiros de aventuras o melhor amigo Tesh, o cão Butch e o vovô Ambrose.

LA CASA DE PAPEL - 4ª TEMPORADA

A partir do dia 3, na Netflix (Disponível para clientes 4K)

 

La Casa de Papel abriu os olhos do mundo para as séries espanholas ao pegar uma história tipicamente americana e reinventá-la a partir de outros tons. Criada e produzida na Espanha, a produção se tornou um sucesso global, sendo acompanhada no mundo inteiro e tendo seus personagens, temas, músicas e figurinos se tornando populares até mesmo no Carnaval brasileiro. E em abril você pode conferir o novo golpe que Professor, Tóquio, Nairobi, Palermo e cia. vão colocar em ação.

 

SETE MUNDOS, UM PLANETA

Dia 26, 22h50, Discovery

 

Um só mundo, mas muitas realidades –cada uma trazendo sua biodiversidade magnífica, percalços a serem superados e infinitas surpresas. Este é o mote dessa série que investiu pesadamente na captação de alta definição de animais em seu habitat natural – vamos das florestas da América do Sul aos picos gelados da Ásia, passando pelas áreas urbanas da Europa e as planíces africanas. Há também demonstrações da ação do único animal racional presente na equação do planeta Terra, o homo sapiens, e sua influência no meio.

A ODISSEIA DOS TONTOS

Em abril, no NOW

 

Dirigido por Sebastián Borensztein, o longa é protagonizado pelo maior astro do cinema argentino: Ricardo Darín. O ator se une ao seu filho, Chino Darín, para contar a história de um grupo de moradores de uma cidade que se unem para recuperar o dinheiro que um gerente de banco e um advogado corrupto roubaram deles.

 

Mundo do Cinema e TV

AS MAIORES ANIMAÇÕES DO CINEMA

 

FROZEN 2, em abril no NOW

 

De 1917 – quando foi lançado El Apóstol, o primeiro longa-metragem de animação – até hoje, os desenhos animados passaram de atrações quase que exclusivas para o público infantil para grandes produções com roteiros elaborados para todas as idades a ponto de disputar um Oscar de Melhor Filme. Em comemoração aos 17 anos de MONET, listamos 50 grandes animações da história – das que fazem rir às que arrancam lágrimas de emoção – para abrilhantar a nossa celebração com cores vivas e traços fortes. Veja abaixo uma amostra do que traremos em nossa edição especial de aniversário:

 

FROZEN > Mesmo sendo um gênero sempre muito popular, há muito tempo não se via uma animação que trouxesse aquele pacote completo – emoção, personagens cativantes e uma trilha sonora que conquistasse público e virasse fenômeno pop – como aconteceu anteriormente em O Rei Leão, Aladdin e A Bela e a Fera. Mas eis que, da longínqua e fria Arendel, surgiu Frozen: Uma Aventura Congelante para aquecer o coração do público (e as festas de aniversário) com Elsa, Anna e “Livre Estou”, a (muito) repetida música-tema do longa. Seis anos se passaram e Frozen 2 surge com uma nova aventura, que traz detalhes e mistérios do passado das protagonistas. Mas não se distraia com as novas canções do filme: tente achar todos os easter eggs das animações dos estúdios Disney inseridos no longa antes que a magia acabe e o boneco de neve Olaf comece a derreter.

 

WALLACE & GROMIT: A BATALHA DOS VEGETAIS > O lendário estúdio Aardman iniciou os trabalhos da animação stop-motion assim que foi lançado A Fuga das Galinhas (2000), primeiro longa realizado em conjunto com a DreamWorks. O trabalho, que durou cinco anos e venceu o Oscar de Melhor Animação, tinha um planejamento rigoroso que previa a produção de três segundos de filme por dia. E, além do esforço, a produção exigiu grande logística: a animação consumiu quase três toneladas de massa de modelar de 42 cores diferentes para a construção dos personagens e usou 1000 lenços umedecidos por semana para apagar as marcas de digitais dos animadores dos bonecos.

 

MEU AMIGO TOTORO > Uma das mais emblemáticas produções dos estúdios Ghibli, Meu Amigo Totoro traz elementos autobiográficos do diretor Hayao Miyazaki, que fez as protagonistas meninas por achar doloroso demais lembrar o que viveu com os irmãos quando a mãe foi hospitalizada com tuberculose. O simpático e grandalhão personagem Totoro, apesar de ser um troll, tornou-se mascote do estúdio e razão do sucesso do filme, que não foi um sucesso de bilheteria, mas “estourou” dois anos após o lançamento, quando um boneco do personagem mágico passou a ser vendido nas lojas.

 

BRANCA DE NEVE > Lançado em 1937, é o primeiro longa-metragem de animação em cores e com som do cinema americano e conta com a princesa mais jovem dos estúdios do Mickey Mouse – Branca de Neve tem apenas 14 anos, um ano a menos que o próprio Walt Disney quando teve a ideia do filme, aos 15 anos. Para completar a animação, o estúdio fez mais de dois milhões de esboços, sendo que 250 mil foram incluídos no desenho final. Uma curiosidade: tanto a Branca de Neve quanto os Sete Anões foram inspirados em atores reais.

GRANDES DUPLAS DE HOLLYWOOD

 

BAD BOYS PARA SEMPRE, em abril no NOW

 

É senso comum que uma andorinha só não faz verão, e é mais usual ainda ver dois artistas fazendo fama em Hollywood, criando marcas que superam o talento individual e que passam a servir como selo de qualidade para suas produções. Aproveitamos o lançamento de Bad Boys Para Sempre, terceira parceria de Will Smith e Martin Lawrence no cinema, para mostrar outras 19 grandes colaborações cinematográficas, que trazem diversão em dobro para a audiência. Abaixo, você confere quatro delas. As outras? Confira na MONET de abril.

 

RICHARD BURTON + ELIZABETH TAYLOR > O affair de Elizabeth Taylor e Richard Burton nos bastidores da superprodução Cleópatra (1963) foi mais do que um escândalo, apesar de ter sido condenado até pelo Vaticano pelo fato de ambos serem casados à época com outras figuras da antiga Hollywood – ela, com Eddie Fisher, já no quarto matrimônio, e ele, com Sybil Williams. Tornou-se uma novela da vida real, acompanhada por tabloides, programas de rádio e televisão, algo muito próximo do que se teve na era moderna com Brad Pitt e Angelina Jolie. Se o roteiro da vida real era rocambolesco, com direito a brigas homéricas, separação e um breve revival, nas telas, a química era inquestionável, incluindo a obra-prima Quem Tem Medo de Virginia Woolf? (1966), que deu a Taylor o seu segundo Oscar e a Burton uma das suas sete indicações.

 

SCARLETT JOHANSSON + CHRIS EVANS > Em 2004, Scarlett, então com 19 anos, E Evans, 22 anos, planejaram e executaram o roubo de uma prova no filme de assalto adolescente Nota Máxima. Quem assistiu à criticada produção não imaginava que, alguns anos depois, eles se tornariam algumas das maiores estrelas do mundo do cinema e protagonistas da franquia que bateu todos os recordes históricos de bilheteria como os heróis Viúva Negra e Capitão América. Fora das telas, a dupla – que ainda viveu um par romântico em O Diário de uma Babá – mantém uma forte amizade. “Ela é como minha irmã. Ela é uma das pessoas mais inteligentes que conheço”, destacou Evans sobre a colega, em entrevista à revista norte-americana Playboy.

 

JENNIFER LAWRENCE + BRADLEY COOPER > Poucos casais da ficção foram tão “shippados” como Jennifer Lawrence e Bradley Cooper em O Lado Bom da Vida (2012). Desajustados, perdidos, atormentados, lutando contra transtornos psiquiátricos e irremediavelmente humanos, eles acabam encontrando um ao outro na pista de dança e no amor. O resultado foi o Oscar para ela e a entrada no primeiro time de atores de respeito para ele. Fizeram ainda outros três filmes – dois deles também assinados pelo diretor David O. Russell, Trapaça (2013) e Joy: O Nome do Sucesso (2015). Mas amorzinho mesmo só vemos de novo no pouco conhecido filme de época Serena (2014).

 

DEAN MARTIN + JERRY LEWIS > Antes de estrearem nas telas EM A Amiga da Onça (1949), Dean Martin e Jerry Lewis já faziam sucesso com números de humor em boates pelos Estados Unidos. Já nesses shows, o papel de cada um já era parecido ao que eles fizeram no cinema até o final da parceria, em 1956, e que teve sucessos como: O Biruta e o Folgado (1952), A Farra dos Malandros (1954) e Ou Vai Ou Racha (1956). Para Martin, ficava sempre reservado o papel do galã romântico, enquanto Lewis era o atrapalhado. Isso foi um dos motivos do fim da dupla, com Dean Martin insinuando que o parceiro passou a ter mais destaque nos filmes e que ele servia apenas de “escada” para as graças de Lewis. O rompimento não foi amigável, mas, em 1989, no aniversário de 72 anos de Dean Martin, Lewis levou um bolo para seu ex-parceiro e disse: “O motivo de termos nos separado, eu nunca saberei!”

NO ALTAR

 

FÁBRICA DE CASAMENTOS, dia 13, 22h20, HOME & HEALTH

 

Realizar os desejos de um casal poucos dias antes do “sim” não é tarefa fácil, mas o programa Fábrica de Casamentos é a prova de que tudo é possível quando o objetivo de transformar sonhos em realidade vem acompanhado de uma superprodução. Confira abaixo outras formas em que um bom casório garante momentos de diversão em frente à TV:

 

FAMÍLIA DISFUNCIONAL (O Casamento do Ano, Dia 5, 9h25, Telecine Touch) > Robert De Niro, Diane Keaton e Katherine Heigl estrelam a comédia sobre um casal divorciado que finge ainda estar junto quando a família se une para um casamento.

 

CLÁSSICO (O Casamento do Meu Melhor Amigo, dia 8, 20h10, TCM) > A comédia romântica com Julia Roberts e Cameron Diaz foi indicada ao Oscar de Melhor Trilha Sonora de Comédia ou Musical, categoria que durou somente quatro edições.

 

REPRESENTATIVIDADE (Boutique das Noivas Plus Size, todos os dias, 6h40, Home & Health) > O reality show britânico traz Jo Cooke e Alison Law realizando o sonho de noivas acima do peso na busca pelo vestido perfeito para o casamento.

 

DESPEDIDA DE SOLTEIRA (Missão Madrinha de Casamento, disponível no NOW) > O filme que transformou Melissa McCarthy em uma das maiores comediantes de Hollywood acompanha uma dama de honra e um grupo de madrinhas na jornada mais bizarra rumo ao dia do casamento.

COMPULSÕES TELEVISIONADAS

 

QUILOS MORTAIS, dia 22, 20h30, Discovery

 

1,9 bilhão. Esse era número de adultos acima do peso em 2016, segundo a Organização Mundial de Saúde. Desses, 650 milhões ultrapassam a linha da obesidade. O número é preocupante, e talvez por isso mesmo, Quilos Mortais seja uma das atrações mais populares da televisão atualmente. Chegando à sua oitava temporada, o programa acompanha a jornada de pessoas enfrentando batalhas emocionais e físicas para salvarem as próprias vidas. Com participantes que pesam mais de 272 quilos, o reality mostra o caminho de quem passa por avaliações médicas para tentar uma cirurgia gástrica de alto risco. Veja a seguir alguns outros programas que expõem a rotina de quem vive em função de compulsões:

 

ACUMULADORES COMPULSIVOS (terças a sábados, 13h30, A&E) > No ar desde 2009, o reality acompanha pessoas que não conseguem descartar absolutamente nenhum objeto.

 

BOTCHED (segunda a sexta, 20h20, E!) > Corrigir imperfeições é algo comum, mas, aqui, as pessoas acabam exagerando nas intervenções estéticas.

 

FAMÍLIAS RICAS - MÉXICO (domingos, 21h45, TLC) > O dia a dia das famílias mais ricas do México, que gastam valores monumentais para satisfazer o próprio ego.

 

COMPULSÃO (disponível no NOW) > Muito além de exageros sem sentido, a série traz depoimentos de brasileiros que lutam para se livrar de um vício.