Libertadores feminina

Taça Libertadores da América Feminina de Futebol

Uma grande competição organizada pela Conmebol para as guerreiras do futebol da América do Sul.

É a vez das meninas brigarem pela “Glória Eterna”

Uma nova era do futebol feminino chegou com a criação da competição, e o desafio e a emoção dos jogos fazem jus ao famoso nome “Libertadores da América”.

História

A Taça Libertadores Feminina de Futebol foi criada em 2009, e tem como característica principal a sede única de disputa dos confrontos. Naquela edição de estreia, por exemplo, o Brasil ficou com a missão de receber os times. O Santos faturou a inédita taça.
 
Os anos passaram, e a competição seguiu. Os clubes brasileiros logo passaram a dominar o ranking de campeões absolutos com nove títulos. São José-SP é o maior vencedor por aqui com três conquistas, enquanto que Santos, Corinthians* e Ferroviária vêm depois com duas taças cada.

Regulamento da Taça Libertadores Feminina de Futebol

São 16 times divididos em quatro chaves com quatro equipes. Os duelos somente acontecem dentro do mesmo grupo nesta fase inicial, e os dois melhores de cada chave avançam às quartas de final.
 
Quartas de final, semifinais e final acontecem em jogo único. Empate leva aos pênaltis até o final da competição.

Maiores Artilheiros

Cristiane (Brasil)

29 gols

Catalina Usme (Colômbia)

28 gols

Gloria Villamayor (Paraguai)

21 gols

Ysaura Viso (Venezuela)

19 gols

Últimos Campeões

Ferroviária

A Ferroviária iniciou sua campanha na Argentina sofrendo uma goleada por quatro a zero para o Libertad-Limpeño (PAR) no jogo de estreia. Mas as meninas souberam reverter esse revés pesado para seguir rumo ao título diante do América de Cali (COL).

Corinthians

O Equador foi a sede daquela edição da Taça Libertadores da América Feminina de Futebol. O Corinthians e a Ferroviária fizeram uma final 100% brasileira por lá. Melhor para o Timão que venceu o confronto e o título com gols de Giovanna Crivelari e Juliete.

Atlético Huila

Essa edição foi muito especial e poderia ter sido ainda mais para o futebol brasileiro. Isso porque a sede na ocasião era a cidade de Manaus, e o Santos foi à final. Mas perdeu para as meninas do Atlético Huila (COL) por cinco a três nos pênaltis.

Audax

Assunção, Luque e Villa Elisa foram as sedes paraguaias da Taça Libertadores Feminina de Futebol de 2017. Audax e Corinthians, na época, faziam uma parceria bem-sucedida que culminou com a taça daquela edição após vitória nos pênaltis sobre o Colo-Colo (CHI).

Tabela de jogos da Libertadores Feminina

Copa Libertadores da América 2021 

Palmeiras (BRA) x Flamengo (BRA) 
27.11 (Sábado) - Centenário - Montevidéu, Uruguai  
 
 
 

Copa Sul-Americana 2021 

Athletico-PR (BRA) x Red Bull Bragantino (BRA)
20.11 (Sábado) - Centenário - Montevidéu, Uruguai  
 
 
 
 
 
 
 

 

Copa América

Disputa do 3º Lugar
 
Colômbia 3 x 2 Peru  
09.07 (Sexta-feira) - Mané Garrincha (DF) 
*Colômbia 3ª colocada 
 
 
Final 
 
Argentina 1 x 0 Brasil  
10.07 (Sábado) - Maracanã (RJ)  
*Argentina campeã pela 15ª vez 
 
 
 

Recopa

O Palmeiras teve a chance de ser campeão da Recopa 2021, mas deixou o título escapar. O alviverde perdeu a decisão nos pênaltis para o argentino Deportivo Defensa y Justicia.

Libertadores Feminina

Se você quer assistir as melhores jogadoras da América do Sul em atividade, seu lugar é na CONMEBOL TV. A competição começa no dia 30 de setembro.

CONMEBOL TV

Assine CONMEBOL TV para acompanhar toda a emoção da Taça Libertadores Feminina de Futebol.

A Conmebol TV traz até você a transmissão, ao vivo, dos campeonatos promovidos pela confederação sul-americana. Assine agora mesmo!

Perguntas frequentes

Qual time feminino tem mais Libertadores?
O time que mais conquistou a Taça da Libertadores Feminina é o São José – SP. A equipe venceu a competição três vezes, nos anos de 2011, 2013 e 2014.
 
Para acompanhar ao vivo as partidas da Libertadores Feminina, clique aqui e conheça a CONMEBOL TV.
 
Onde assistir a Libertadores Feminina?
O lugar da Libertadores Feminina é na CONMEBOL TV, canal exclusivo da competição. Para não perder nenhum confronto ao vivo e torcer para suas jogadoras favoritas, é só clicar aqui.
 
Como funciona a Libertadores Feminina?
A Libertadores Feminina é disputada em duas fases, por 16 equipes. Primeiro acontece a fase preliminar, com quatro grupos. Posteriormente acontecem as fases finais (quartas de final, semifinais e final), todas em apenas um jogo.
 
As equipes classificadas para as quartas de finais são aquelas que ficarem em primeiro e segundo lugar de cada grupo.
 
Não quer perder nenhum lance da Libertadores Feminina? Então escolha aqui um pacote de tv por assinatura com a CONMEBOL TV.
 
Quem é o atual campeão da Libertadores Feminina?
A equipe vencedora da última Libertadores Feminina é a Ferroviária – SP, que derrotou a América de Cali – COL por 2 a 1, garantindo o bicampeonato da competição. A Ferroviária já tinha ganhado a Taça em 2015.
 
Clique aqui para assinar a CONMEBOL TV e assistir aos confrontos da Libertadores Feminina, ao vivo.
 
Quais são os grupos da Libertadores Feminina?
Os grupos da Libertadores Feminina 2020 foram:
 
Grupo A: Corinthians (BRA), El Nacional (EQU), Universitario (PER) e América de Cali (COL).
 
Grupo B: Boca Juniors (ARG), Santiago Morning (CHI), Deportivo Trópico (BOL) e Avaí Kindermann (BRA).
 
Grupo C: Independiente Santa Fé (COL), Atlético SC (VEN), River Plate (ARG) e Sol de América (PAR).
 
Grupo D: Ferroviária (BRA), Libertad Limpeño (PAR), Peñarol (URU)  e Universidad de Chile (CHI).
 
Só na CONMEBOL TV você assiste aos confrontos da Libertadores Feminina ao vivo, em jogos com transmissão exclusiva do canal. Conheça mais aqui.
 
Quem são os finalistas da Libertadores Feminina?
As equipes que se classificaram para a fase final da Libertadores Feminina foram as duas melhores de cada grupo.
 
Grupo A: Corinthians e América de Cali.
 
Grupo B: Boca Juniors e Santiago Morning.
 
Grupo C: River Plate e Santa Fe
 
Grupo D: Universidad de Chile e Ferroviária.
 
Na final, a Ferroviária venceu o América de Cali por 2 a 1, garantindo o bicampeonato da competição.
 
Não quer perder nenhum lance da Libertadores Feminina? Então assine agora a CONMEBOL TV e assista aos jogos exclusivos, ao vivo!
 
Quais times estão na Libertadores Feminina?
Os times já classificados para a Libertadores Feminina 2021 são:
 
Ferroviária, Santiago Morning, Corinthians, Avaí Kindermann, Universidad de Chile e Nacional. As outras equipes ainda serão definidas de acordo com as competições realizadas em cada país.
 
A Libertadores Feminina é composta por 16 equipes, de 10 confederações ligadas à Conmebol.
Essas vagas são escolhidas da seguinte forma: 1 para o campeão atual; 1 vaga adicional ao
país-anfitrião, 2 vagas para Brasil, Chile, Colômbia e Paraguai; 1 vaga para Argentina, Bolívia,
Equador, Peru, Uruguai e Venezuela.
Quando começa a Libertadores Feminina 2021?
A Copa Libertadores Feminina 2021 tem início no dia 30 de setembro e final marcada para 16 de outubro de 2021. As partidas vão acontecer em Santiago, no Chile.
Quanto ganha o campeão da Libertadores Feminina?
Esses foram os prêmios pagos pela Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) na edição passada:
 
Equipe campeão: US$ 85 mil, aproximadamente R$ 460 mil;
 
Vice-campeão: US$ 50 mil, aproximadamente R$ 270 mil;
 
Terceiro colocado: US$ 30 mil, aproximadamente R$ 160 mil;
 
Todas as equipes participantes: US$ 7 mil, aproximadamente R$ 38 mil;
 
Para assistir a todas as partidas ao vivo da Libertadores Feminina, conheça a CONMEBOL TV, emissora oficial da competição.